Um estudo científico comprovou que após a morte existem funções do organismo ainda vivas. Inclusive algumas atividades genéticas até aumentam nas horas ou dias seguintes ao falecimento. E este fato ocorre tanto com o ser humano quanto com todos os animais.

Isso significa que a morte do corpo não acontece de modo imediato ou instantâneo e sim, de maneira progressiva, de tal jeito que cada função do organismo vai cessando aos poucos.

Ou seja, algumas atividades genéticas do corpo interrompem de vez, enquanto outras permanecem plenamente ativas.

Portanto, a morte do corpo constitui uma ocorrência onde há uma desativação gradual do organismo ao longo das horas ou dias.

Nas palavras do autor do estudo, Peter Noble, "nem todas as células estão mortas quando morremos. Na verdade, é muito provável que algumas permanecem vivas e tentem consertar-se".

Resposta escrita pelo Vidente Clayton  José Clayton Donizetti Vieira  |     03/02/2017 - 10:24:22 hs.  |   Respostas de natureza metafísica, científica e esotérica  13º resposta

Próxima pergunta  Próxima Pergunta:

O que é Tortura Diabólica?

Lista completa de perguntas  Acessar a Lista completa de Respostas